GRAVIDADE

Por Guilherme Sarmiento Pode-se dizer que a grande sacada do diretor mexicano Alfonso Cuarón em Gravidade, além de realizar um filme que impressiona pela capacidade sinestésica, envolvendo o espectador em camadas de sensações deliberadas por um corpo à deriva, foi encontrar um ambiente ideal para elaborar um conjunto de metáforas audiovisuais,…

Read More

RUA AUGUSTA

Por Camila Mota Leandro Roque de Oliveira, mais conhecido como Emicida, é um rapper brasileiro que traz em suas letras questões de sobrevivência na favela, problemáticas sociais e politicas. Já lançou 3 discos e um EP, os quais fizeram grande sucesso na cena hip-hop nacional. Tendo em sua carreira atuado…

Read More

UM “TELEPHONE”MA

ENTRE O VIDEOCLIPE E O CINEMA Por Rafael Rauedys   – “Alô! Alô! Baby!” Bem, em 2010 eu tive o prazer de assistir uma obra cinematográfica deliciosíssima, digo – pensei um pouco-, um videoclipe deliciosíssimo de Lady Gaga, com a direção de Jonas Akerlund… Mas, um momento… Filme? Ou videoclipe?…

Read More

O JAPONÊS OCIDENTAL

A NOVA FORÇA DOS ANIMES Por João Marciano Neto As animações japonesas estão há muito tempo presentes no mercado do entretenimento do mundo ocidental e já deixaram de ser focadas apenas no público japonês. Muitos devem ter conhecido ou assistido alguma, em geral, títulos bem mais populares como Os cavaleiros…

Read More

UM FILME PARA MICHAL

PRIMEIRO LONGA UNIVERSITÁRIO BAIANO Por Guilherme Sarmiento   Conheci Michal quando prestava concurso para Professor Adjunto da UFRB. Estava inquieto em cima dos lençóis finos e deslizantes do Cachoeira Apart Hotel. No outro dia, apresentaria meu memorial para a comissão julgadora e, depois, quem sabe, nunca mais voltaria àquela cidade…

Read More

OS DOCES BÁRBAROS

Por Rafael Rauedys   “Música, resistência e transgressão”, palavras que se encontram inscritas na célula de cada um dos filmes de Jom Azulay, Rogério Sganzerla e Antonio Fontoura. Produzidos num período muito singular do Brasil, essas obras cinematográficas marcam, assim, os códigos com que a música brasileira a partir de…

Read More

FOME POR GORE

  Por João Marciano Neto   Traduzindo do inglês,  gore é um termo usado de várias maneira, entre elas para indicar “sangue coagulado”. O termo gore (também conhecido como Splatter) é constantemente associado ao terror por razões bem simples, já que o uso de violência gráfica com o intuito de…

Read More

A RELIGIOSA PORTUGUESA

Por Ian Gadelha   Lembro quando, há uns anos atrás, um amigo emprestou-me uma cópia de um filme francês chamado O mundo vivente, de 2003. Nunca tinha ouvido falar de tal filme, e foi com alguma expectativa que o assisti, diante das recomendações enfáticas de meu amigo. Grata foi a…

Read More

O SUPER HERÓI E O REALISMO

Por João Marciano Neto   Em definição simples, um super-herói é um personagem fictício dotado de habilidades impressionantes que as utiliza em virtude da justiça. Como na maioria dos casos, a primeira imagem que se forma é de um individuo portador de poderes surpreendentes que vão da capacidade de voar…

Read More