CRIME NO SACOPÃ

FILME PERDIDO OU ESCONDIDO?   A Trajetória do Artesão Sonhador Roberto Pires, nascido em Salvador em 29 de setembro de 1934, foi o “cineasta e inventor” da cinematografia baiana. Mesmo tendo Alexandre Robatto Filho como pioneiro, é Roberto quem vai conseguir angariar esse titulo, com sua teimosia, tenacidade e persistência,…

Read More

CINEOP: CINEMA É PATRIMÔNIO

Por Cyntia Nogueira Para quem chega de Cachoeira em Ouro Preto, impossível não perder algumas horas e talvez até dias pensando nas aproximações e diferenças entre essas duas cidades históricas, de arquitetura colonial, ícones de momentos econômicos fortes do Brasil Colônia, como os ciclos do açúcar e do fumo, na…

Read More

A GRANDE FEIRA

Por Arthur Dias “… A feira vai ser engolida pelos tubarões. A Grande Feira vai acabar!” Poeta Cuíca de Santo Amaro   A grande feira conta a história da hoje extinta feira de Água de Meninos e a luta dos feirantes que se organizam contra um futuro despejo. Conduzem a…

Read More

ENTREVISTA: OSCAR SANTANA

Glauber Rocha, o Deus ou o Diabo do Cinema Baiano? Aos 73 anos, com cinqüenta anos de carreira no cinema, Oscar Santana esbanja otimismo e jovialidade. Para sobreviver durante tanto tempo produzindo e realizando filmes, este estado de espírito foi fundamental. Responsável, junto a Roberto Pires, pela produção do primeiro…

Read More